25 de maio de 2014

Resenha: Extraordinário

Titulo: Extraordinário
Autora: R. J. Palacio
ISBN: 9788580573015
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Classificação:
Comprar: Submarino
Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência um, ele é um menino igual a todos os outros.
R. J. Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo o tipo de leitor.

Minha opinião: O livro vai contar a historia de August que nasceu com uma deficiência na face e durante 10 anos ele teve que fazer inúmeras cirurgias e não pode ir ao colégio.
Quando ele faz 11 anos sua mãe resolve que já é hora dele se relacionar com crianças de sua idade.
Ele que sempre teve aulas em casa vai agora para uma escola particular chamada Beecher Prep quando chega lá o Sr. Buzanfa ( diretor ) diz que chamou alguns amigos ( Jack, Julian e Charlotte ) para mostrar para ele a escola.
Nesse ano ele vai ter que enfrentar todo o seu medo do preconceito de não ser aceito por outras crianças e ainda fazer amizades.

Gente sem duvida esse livro foi o melhor livro desse ano. Eu chorei do inicio ao fim.
Esse livro da uma lição de vida tão lindo e não de uma forma clichê por que a maioria dos livros que vai tratar sobre o preconceito vai mostrar o personagem como uma pessoas corajosa e que não liga para o que os outros dizem ou então de uma pessoa que tem muito medo de ser rejeitada pela sociedade devido a sua deficiência mas que no final algo bom acontece e mostra para esse personagem que sua vida é ótima do jeito que é e que ele não precisa se preocupar com isso.
Mas nesse livro  RJP criou esse personagem de uma forma tão real que parece uma historia verdadeira e August vai ter seus momentos de tristeza devido ao preconceito mas também terá seu momento de se achar uma criança normal que ele acha que não é.
E todas esses momentos narrados do ponto de vista de uma pessoa de 11 anos.
Não vou mentir eu chorei até escrevendo esse post por que enquanto eu escrevia eu coloquei o meu celular no aleatório e quando eu parei para pensar no que iria escrever começou a tocar 93 Million Miles. A todo mundo que está lendo essa resenha leia ouvindo esse musica ( está no fim do post ) e imaginando como deve ser ter a vida dele e com tudo que ele passou August tentava se superar a cada dia se você fizer isso acredite também vai chorar.
Eu nem tenho mais o que falar mas não posso deixar de dizer LEIA ESSE LIVRO URGENTEMENTE !!

Leia esse post ouvindo:



 `` Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, por que todos nós vencemos o mundo ´´

August Pullman - Auggie

Post feito por:

Nenhum comentário:

Postar um comentário