13 de julho de 2014

Andei assistindo: Sem saída

Título Original: Abduction
Lançamento: 2011
Direção:  John Singleton
Elenco: Taylor Lautner e Lily Collins
Gênero: Ação, Suspense
Sinopse: Nathan (Taylor Lautner) é um jovem que leva uma vida normal, ao lado dos pais Kevin (Jason Isaacs) e Mara (Maria Bello), e tem uma queda pela vizinha Karen (Lily Collins). Um dia, ao realizar um trabalho de sociologia com Karen, eles acessam um site de crianças desaparecidas. Nele Nathan encontra uma foto que lembra muito ele próprio, quando era criança. Nathan passa a investigar a situação e descobre que Kevin e Mara não são seus pais biológicos. Só que, antes mesmo que eles possam dar qualquer explicação, a casa onde moram é invadida e ambos são mortos. Nathan consegue fugir ao lado de Karen, só que eles são perseguidos pela CIA e também por Kozlow (Michael Nyqvist), um agente sérvio que deseja algo roubado pelo verdadeiro pai de Nathan.

Minha opinião: O filme conta a historia de Nathan um menino normal que está fazendo um trabalho para escola com a sua amiga Karen sobre crianças desaparecidas quando encontra a sua foto no site.
Ela chama a sua `` mãe ´´ e acaba realmente descobrindo que ele não é filho do casal mas ela não explica nada para ele e diz que vai chamar o seu pai.
Só que na hora que ela desce caras de preto armados começam a invadir a casa e ela luta com eles e acaba morta.
O `` pai ´´ dele ao descobrir o que está acontecendo luta com esses caras tambem e é morto.
Nathan consegue fugir com Karen logo depois que a casa explode.
Quem ajuda eles é uma amiga de seus pais que morre em um acidente de carro logo depois.
Nathan começa um missão de vingança para matar o cara que mandou matar os `` pais ´´ deles e tentar descobri quem são seus pais de verdade.
Eu ameiii essse filme ele é bem maluco pois tem bastante misterio, amor, ação e MAFIA RUSSA ( kkk )
E quem faz Karen é Lily Collins a mesma atriz que faz Clary em Cidade dos ossos ( o livro que eu to lendo ). Mas a parte mais legal é que a Karen ( linda ) beija Nathan ♥.

“Me sinto como um estranho em minha própria vida.”
Post feito por:

Nenhum comentário:

Postar um comentário