23 de outubro de 2013

The Walking Dead


Titulo: The walking Dead - A ascensão do governador
Autor: Robert Kirkman e Jay Bonansiga
ISBN: 9788501097156
Edição: 3
Páginas: 364
Classificação: 

Sinopse: No universo de The Walking Dead não existe vilão maior do que o Governador, o déspota que comanda a cidade de Woodbury. Eleito pela revista americana Wizard como "Vilão do ano", ele é o personagem mais controvertido em um mundo dominado por mortos-vivos. Neste romance os fãs irão descobrir como ele se tornou esse homem e qual a origem de suas atitudes extremas. Para isso, é preciso conhecer a história de Phillip Blake, sua filha Penny e seu irmão Brian que, com outros dois amigos, irão cruzar cidades desoladas pelo apocalipse zumbi em busca da salvação. Originalmente, The Walking Dead é uma série de quadrinhos publicada desde 2003 e vencedora do Eisner Award. Em 2010, os quadrinhos foram adaptados para o seriado homônimo The Walking Dead já bateu diversos recordes de audiência nos Estados Unidos e foi finalista em várias categorias no 68º Golden Globe Awards, incluindo Melhor Série Dramática de TV.

Sobre o livro: Phllip Blake é um pai comum que depois de um apocalipse zumbi começa a fazer tudo para salvar a sua filha Penny.
Ele, sua filha e mais dois amigos estão fugindo para Atlanta a procura de um abrigo quando Phillip encontra perdido o seu irmão mais velho Brian. Juntos eles começam a enfrentar as dificuldades de um apocalipse zumbi e ao mesmo tempo tentam se salvar.
O livro mostra o governador antes de se tornar um total tirano.
A narração desse livro é bem detalhada ( principalmente nos zumbis ) e acaba parecendo que você está lá. São várias as cenas de violência e tiroteio e assassinatos. Podemos entender o que aconteceu para que ele vire o que é, mas de maneira alguma justifica suas atrocidades.
Infelizmente, o livro não explica o que levou aos mortos andar por aí, mas fala o que aconteceu com Penny. E o melhor do livro ele tem um final surpreendente, que ninguém espera.


Post feito por:




Nenhum comentário:

Postar um comentário