7 de maio de 2016

Andei assistindo: Scorpion




Minha relação com séries é um caso complicado. De inicio vocês já precisam saber que eu acompanho cerca de 60 séries e não consigo deixar de começar outras - hoje eu comecei House of Cards - e como eu acompanho muitas séries simplesmente não consigo deixá-las em dia e muitas faz meses que eu não tenho tempo de assistir - Lost Girl e Awkward ♥ - mas por incrível que pareça eu consegui assistir as duas temporadas de Scorpion em MENOS DE UMA SEMANA!! Daí você já tira o quanto eu fiquei viciada na série, mas também era impossível não ficar viciada com um enredo cheio de suspense, adrenalina, que é engraçado, emocionante e com muita, mas muita inteligência mesmo. 




A grande sacada da série é que no primeiro segundo do primeiro episodio já aparece a tão conhecida frase: BASEADO EM UMA HISTÓRIA REAL. A série vai contar a vida de Walter, um super gênio com o QI de 197 – o de Einstein era de 160 - um prodígio da mecânica chamada Happy, uma calculadora humana chamada Sylvester e um behaviorista – analista comportamental – chamado Toby. Com relação ao enredo a trama é bem elaborada e dá para assistir sem seguir certa ordem, já que cada episódio não depende necessariamente do outro. 


No primeiro episódio a equipe Scorpion é convocada pela Segurança Nacional para ajudar a relacionar um problema técnico que surgiu na comunicação de 56 aviões cheio de gente e que em menos de duas horas podem cair e matar todo mundo. Enquanto tentam solucionar esse problema eles conhecem uma garçonete chamada Paige e seu filho gênio Ralph que acabam entrando no time Scorpion. Durante a série esse time é comandado pelo Agente Cabe Gallo e juntos eles serão responsáveis por solucionar os problemas mais inusitados que existe. 



É uma série que apesar de parecer clichê e com personagens clichês, não é clichê. Durante a narração você vai poder perceber uma coisa que eu simplesmente adoro que é quando os personagens evoluem durante a série, quando vocês chegarem ao final da segunda temporada a mudança vai ser imensamente perceptível. Grande parte dessa mudança se deve ao fato da entrada de Paige na Scorpion que mostra que sensibilidade e empatia são tão importantes quanto inteligência.

3 comentários:

  1. Parece uma boa série, vou adicionar a minha listinha de próximas pra assistir :)
    www.malusilva.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii
      Tenho certeza que vai amar, é uma série muito boa :)

      Excluir
  2. Eu sou viciada, uma amante da série. . tô tentando entender pq nao tem a terceira temporada na Netflix.

    ResponderExcluir