16 de agosto de 2015

Resenha - Tocando as estrelas

Titulo: Tocando as estrelas
Autoras: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
Páginas: 222
Classificação: 
Sinopse: Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.

Resenha - Tocando as estrelas é um livro que vai falar sobre Paige Towsed, uma menina de 17 anos que tem um grande sonho de se tornar atriz. Sua vida virá de ponta cabeça depois de ser selecionada para ser a estrela principal do filme Locked, que é inspirado em um best-seller mundial que já reúne milhares de fãs e conta a história de August que está viajando de avião com seu namorado e melhor amigo, mas esse avião acaba caindo e seu namorado desaparece. Nesse tempo que seu namorado está desaparecido ela acaba se envolvendo com o seu melhor amigo, mas para a surpresa de todos seu namorado volta e cria uma enorme confusão no coração de August.
Para as gravações do filme Paige vai morar sozinha no Havaí. Ela divide o set com Rainer Devon, um verdadeiro galã de cinema que encanta á todos. Ele acaba cativando Paige com suas atitudes e pelo carinho com ela e o romance entre os dois já é mais que perceptível.

" Engraçado, passei a vida toda querendo que as coisas fossem diferentes,e, agora que são, sinto falta de como eram antes. ''

Mas como nada é perfeito surge nas gravações o ator Jordan Wilder. Ele e Rainer são grandes inimigos, pois a mídia divulgou que Jordan estava ficando com a namorada de Rainer, que era seu melhor amigo na época.
Mesmo com o estilo bad-boy Jordan também encanta Paige e acaba criando o triângulo amoroso mais complicado do século.
Além de se ver dividida entre esses dois rapazes totalmente diferente Paige também está com um sério problema: a filmagem das cenas. Em vários momentos do livro a autora mostra o nervosismo de Paige com relação as cenas, afinal esse é o primeiro filme que ela participa e para piorar o diretor só faz criticá-la.

" - Não - ele argumenta. - Na melhor das hipóteses, a arte é um diálogo. Você faz o que faz para que as pessoas possam assisti-la para se divertir e confraternizar. É para as pessoas. ''

O livro é bem pequeno e você consegue terminar de ler a história de forma super rápida. Apesar de ter gostado muito do enredo não dei nota máxima por que você termina de ler o livro achando que faltou algo, a autora deixou o final bem superficial, mas apesar disso indico esse livro, tenho certeza que vão se divertir bastante.

Post feito por:

Nenhum comentário:

Postar um comentário